Seu Pet fica muito exposto ao ar condicionado? Cuidado com a broncopatia

Você tem a impressão de que o seu cãozinho está sempre com calor? Aí, para solucionar o problema dele, você o deixa ficar dentro de casa e liga o ar-condicionado na temperatura mais baixa possível… Bem, se você faz mesmo isso, é preciso começar a tomar muito cuidado se não quiser deixar o seu pet doente.

“Embora façam isso com a melhor das intenções, alguns tutores não sabem que tais medidas aumentam o risco de broncopatias”, afirma Priscila Larrussa, veterinária da Petz.

Conforme a especialista, essas situações tem sido recorrentes e, com isso, o número de casos de doenças como pneumonia e bronquite tem aumentado muito no verão.

“Problemas de origem bronco-respiratória são mais comuns durante o outono-inverno. Deste modo, podemos concluir que muitos dos pets que atendemos com problemas desse tipo foram expostos à baixas temperaturas por iniciativa das famílias”.

A justificativa é que, apesar da pelagem, os pets são mais sensíveis à hipotermia do que os seres humanos. Isso faz com que o contato excessivo com água gelada ou com temperaturas externas baixas, faz com que eles fiquem doentes mais facilmente.

Reprodução: Google

“Quando os donos optam por não enxugar o pet da maneira correta, por exemplo, o risco de contrair doenças só aumenta, já que essa condição impede que o bichinho mantenha a temperatura corporal ideal para permanecer saudável”, ela diz.

A exposição prolongada aos ventiladores e ar-condicionado é a mesma relação com o fato de tomar banho gelado. “Além de gerar um resfriamento corporal nocivo, depois de certo tempo, o ar condicionado tira a umidade do ar e resseca as vias aéreas do animal. Isso gera desconforto e faz o pet ficar suscetível à vírus e bactérias. Assim, o mais indicado é evitar a exposição dos pets à essa situação”, finaliza a especialista.

Outro comentário dela é sobre a hidratação, que também é um cuidado muito importante para a saúde e o amparo dos animais, mas isso será assunto de um próximo artigo.

Com informações do Notícias ao Minuto