Saiba quais cuidados tomar após uma Cirurgia Plástica

O pós-operatório é um dos momentos mais delicados após o procedimento cirúrgico realizado. Saiba quais cuidados tomar!

A maior dúvida dos pacientes antes de fazer qualquer cirurgia plástica é em como cuidar das cicatrizes no pós-operatório. É importante seguir as recomendações dos médicos, se necessário tomar remédios indicados para dor e ajuda na cicatrização e o principal, que são os curativos e limpeza do local.

As pessoas costumam ter medo do pós-operatório, acham o momento mais delicado do que a própria cirurgia, e por conta dessa preocupação acabam não fazendo a cirurgia plástica que tanto querem.

Naturalmente, cirurgias plásticas que têm um caráter mais invasivo são as que tendem a gerar mais receio. Procedimentos como a abdominoplastia, cirurgia plástica na abdômen que serve para retirar o excesso de pele e gordura localizada; a lipoaspiração, a qual serve para remover gordura localizada; mamoplastia, seja para aumentar o tamanho dos seios com próteses de silicone ou diminuir o tamanho das mamas; a labioplastia, também chamada de ninfoplastia, cirurgia plástica na região da vagina, feita para diminuir ou corrigir os lábios da vulva além de outros ajustes; a rinoplastia, procedimento para ajustar as proporções do nariz, entre outras não tão populares, são as cirurgias plásticas que mais geram receio nos pacientes quanto ao risco de cicatrizes. Naturalmente cabe falar que a escola da clínica de cirurgia plástica adequada e do corpo clínico comandado por um cirurgião competente é fundamental.

Qualquer pós-operatório é delicado e precisa de cuidados especiais, só seguir a risca o que os médicos recomendam que todo o processo de cicatrização é realizado com sucesso.

Sempre que uma cirurgia plástica é feita a pele ou qualquer tecido do corpo de alguma forma está sendo lesionada, por isso haverá uma cicatriz que com seus próprios mecanismos com o tempo e cuidados passam pela fase de cicatrização.

A cicatriz é uma marca definitiva, mas alguns tratamentos e produtos ajudam a deixar ela menos aparente na pele. Claro que é preciso entender que uma cicatriz feita em uma cirurgia hoje, não sumirá ou ficará menos aparente logo no dia seguinte, leva tempo e tratamentos adequados.

Apesar de a cicatriz ser uma marca na pele que fica e ela pode varia sua qualidade dependendo de como o paciente cuida do seu pós-operatório. Após a cirurgia plástica é o momento de iniciar os cuidados com a cicatriz, ela deve ficar com o tempo com uma coloração semelhante ao local, além do cirurgião ter feito o corte fino e com precisão, ele precisa ser feito de uma forma que fique “escondido”.

Processo de recuperação – Pós-operatório

Desde o momento que o paciente procura um consultório até o pós-operatório é necessários cuidados específicos em cada fase da cirurgia plástica. A cicatrização da pele para a grande maioria das pessoas é a principal preocupação, pois ninguém quer cicatrizes, infecções e nenhum tipo de problema em seu pós-operatório.

A formação de uma cicatrização que não é cuidada compromete sem dúvidas o resultado final daquela operação. Quando vimos casos de pessoas que fizeram cirurgia plástica e após toda fase de recuperação, não ficaram satisfeitas com o resultado final, o grande problema foi não ter cuidado da cicatrização da maneira correta.

Diversos fatores atrapalham o processo de cicatrização, todo cirurgião plástico competente recomenda os cuidados aos pacientes, alguns deles são:

  • Tabagismo;
  • Consumo e excesso de bebidas alcoólicas;
  • Diabetes;
  • Falta de repouso adequado;
  • Forçar a cicatriz antes do período certo;
  • Má alimentação, excesso de consumo de gorduras e alimentos industrializados durante o processo de cicatrização no pós-operatório;
  • Falta de vitaminas e nutrientes no corpo, principalmente as proteínas e vitaminas A, B e C;
  • Infecções;
  • Medicamentos a base de corticoide;
  • Sangramento;
  • Diminuição da oxigenação.

Os tipos de cicatrizes pós cirurgias plasticas

Esses são alguns dos fatores que mais prejudicam o pós-operatório e toda a fase de cicatrização. Isso merece atenção do cirurgião plástico. As cicatrizações são separadas em tipos diferentes divididos da seguinte forma, podemos falar nos 11 tipos de cicatrizes de cirurgias plásticas

  1. Cicatriz Normal;
  2. Cicatrizes Patológicas e Inestéticas;
  3. Queloide;
  4. Cicatrizes Hipertróficas;
  5. Cicatrizes Retraídas;
  6. Cicatriz Alargada;
  7. Cicatriz Atrófica;
  8. Cicatriz Discrômica;
  9. Cicatriz Mista;
  10. Cicatriz “em alçapão”;
  11. Cicatrizes por queimadura.

Cada tipo de cicatrização age de uma maneira em cada pessoa e o resultado depende dos cuidados que são tomados em todo o processo do pós-operatório.

O cuidado na hora de planejar a cirurgia plástica e escolher o cirurgião evita cicatrizes indesejadas

Tratamentos de Cicatrizes

O melhor tratamento para as cicatrizes é quando ela começa logo após a cirurgia plástica evitando o aparecimento das cicatrizes do tipo hipertróficas e das quelóides.

Cuidados necessários antes de depois da operação

Com alguns cuidados especiais você pode se prevenir de uma cicatriz ruim, algo que pode lhe ajudar em um pós-operatório saudável são:

  • Sempre escolha um bom cirurgião plástico que seja membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica;
  • Se caso for fumante, se planeja e pare de fumar dois meses antes da cirurgia ocorrer;
  • Alimente-se de forma saudável antes da cirurgia e principalmente durante o pós-operatório;
  • Beba bastante água, pelo menos 2 litros de água por dia;
  • Deixe a cicatriz respirar um pouco todos os dias;
  • Na hora do banho é de grande importância lavar a cicatriz, deixar água corrente passar durante alguns minutos e se possível passar sabonete antisséptico. Claro, que se ainda há pontos as pessoas ficam com receios de passar a mão, se o problema for este faça sabão na mão e depois deixe escorrer na cicatriz.
  • É importante não fazer curativo antes de secar a região, seque, deixe respirar um pouco e depois faça curativo seguindo as recomendações de seu médico;
  • Se caso sentir dores na região entre em contato com seu médico para verificar se pode estar acontecendo algo;
  • Para uma cicatrização mais rápida após tirar os pontos, utilize pomadas para cicatrização, peça para seu médico e ele recomendará algumas que podem ser usados de 2 a 3 vezes ao dia garantindo uma cicatriz mais clara;
  • O pós-operatória no início ocorre com os pontos ainda no corte, mas existe o período certo do médico manter os pontos. Normalmente após a cirurgia ele já deixará marcado na agenda a data de retorno para retirada dos pontos, não deixe a data passar é importante retirar os pontos no momento correto para uma melhor cicatrização.

É preciso seguir ao máximo as orientações do médico que você irá realizar sua cirurgia plástica, ficar de repouso um pouco antes de realizar o procedimento e também depois faz diferença para um pós-operatório saudável.

Para um pós-operatório satisfatório é preciso começar a se cuidar antes mesmo de fazer o procedimento cirúrgico independente do local da cirurgia plástica. Comece a repousar antes da cirurgia plástica e depois, para que o local da cicatrização seque naturalmente e não inflame ou infeccione.

O processo de cicatrização da pele pode levar alguns meses e por isso é preciso de paciência. O grande erro é que as pessoas deixam de se cuidar muito antes do tempo determinado de pós-operatório, se aguardar o tempo correto o resultado será melhor possível.

Conclusão

Com os avanços das tecnologias, técnicas da realização da cirurgia plástica e remédios à cicatrização se tornou ainda mais precisa, acompanhada, é claro, do trabalho competente do cirurgião. A realização de curativos biotecnológicos, massagens feitas com cremes e também à utilização de placas de silicone amadurecem mais rápido as cicatrizes.

Tome os cuidados indicados pelo médico e se mesmo assim sua cicatriz apresentar problemas visite seu cirurgião plástico imediatamente, nem todos os tipos de organismos reagem bem a cirurgias e cicatrizam, dependendo de como seu corpo age, precisará de um tratamento em seu pós-operatório específico.